close
As calças usam-se em modelos largos, com cortes direitos tipo anos 20 , ou mais justas curtas e com dobras tipo anos 50!
As calças largas podem ser mais clássicas, tipo pijama ou pantalonas.
Todas se usam em tecidos mais leves e fluidos para se ver a silhueta e se tornarem elegantes e femininas.
 As calças tipo pijama também podem ter um corte mais a estreitar e com dobras em baixo de modo a ficarem mais curtas a mostrar o tornezelo. Usam-se lisas com uma risca de lado (tipo fato de treino) ou estampadas e estas usam-se conjugadas com partes de cima também estampadas, mas atenção é preciso saber misturar.
As calças largas tipo pantalonas ou de corte mais clássico ligam lindamente com camisas ou partes de cima mais justas mas também fluidas, para dentro, ou com a parte da frente para dentro de forma a marcar a cintura. Podem ser também conjugadas com tops cai-cai, assimétricos (um ombro à mostra) ou com um decote generoso…o objectivo é mostrar a parte de cima tipo ombro, costas, colo ou pescoço visto a parte de baixo estar toda tapada! Lembre-se que motrar as partes mais magras do corpo dá a sensação de maior elegância!
Todas estas calças ligam melhor com saltos altos embora também possam ser usadas com sandálias rasas ou com sabrinas, para um look mais prático de dia-a-dia,  mas o problema são as bainhas. Aqui não há hipótese de aproveitar as mesmas calças para rasos ou saltos porque quando as usa de saltos as calças devem ficar bem compridas, no minimo a mostar metade do salto, quase a arrastar o que as torna compridas de mais quando as usa de rasos. E quando as usa de rasos embora devam ficar também quase a arrastar a verdade é que ficam curtas quando coloca uns saltos!
Se quiser um look mais adelgaçante opte por sapatos da mesma cor das calças, lembre-se que quanto mais monocromático for o visual mais alongado e afinado se fica!

Deixe uma resposta